A formação do PCB na cidade de São Paulo (1922 – 1930)

O historiador Lucas Andreto, em sua dissertação de mestrado, defendida na Unesp em 2018, buscou compreender o processo de construção do Partido Comunista do Brasil (PCB) por meio da observação da experiência dos comunistas brasileiros na cidade de São Paulo, analisando as formas de atuação do PCB no período de 1922 a 1930, destacando a relação do partido com as frentes de massa, os sindicatos e com outras forças políticas de oposição.

No resumo da dissertação, Andreto esclarece:

Nos anos que se seguiram a 1917 a Revolução Russa tornou-se referência para o movimento operário mundial. No Brasil, o entusiasmo e expectativa com a experiência russa tornou-se resposta para os problemas do movimento operário brasileiro e, com isso, o Partido Comunista do Brasil (PCB) foi fundado em 1922, objetivando construir nas terras brasileiras um partido que operasse segundo os princípios da III Internacional. Construir um Partido Comunista, sessão nacional da Internacional Comunista era uma tarefa que pressupunha a execução de uma determinada estratégia e tática, um determinado modo de ser e atuar que tinha como objetivo final a revolução do proletariado.

Você pode acessar a dissertação na íntegra clicando AQUI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: