EVENTO | 9 de Julho: Dia da Luta Operária e homenagem a José Luiz Del Roio

Desde 2017, o dia 9 de julho faz parte comemorações oficiais da cidade de São Paulo como o Dia da Luta Operária,  uma referência à greve de 1917, a primeira grande mobilização da classe trabalhadora no Brasil.

Neste ano, além do ato político em memória do protesto de 1917, será realizada uma grande homenagem ao escritor e ativista político José Luiz Del Roio, um dos fundadores do Instituto Astrojildo Pereira. A iniciativa do vereador Antonio Donato (PT) contempla a entrega da Medalha Anchieta e o Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo ao ativista, por sua trajetória dedicada à causa do movimento operário brasileiro.

Nascido em São Paulo, Del Roio foi criado na cidade de Bragança. Sua atuação no Partido Comunista Brasileiro (PCB) se deu ainda na adolescência. Teve papel fundamental na organização de entidades estudantis e sindicatos operários. Em 1967, ao lado de outros quadros importantes do PCB, como Carlos Marighella, funda a Ação Libertadora Nacional.

Duramente perseguido pelo regime ditatorial, se vê obrigado a partir pro exílio. Passa uma longa temporada em diversos países da América Latina, como Cuba, Peru e Chile, até se fixar na Itália. Foi figura central na operação clandestina que retirou do Brasil o rico conjunto de documentos e acervos do PCB e do movimento operário brasileiro, incluindo aqueles reunidos por Astrojildo Pereira. A documentação exilada se soma a outra preciosa coleção de documentos produzidos no exílio e encontra da Fundação Feltrinelli, em Milão, a possibilidade de se constituir como um arquivo estruturado e acessível à consulta. Em 1994, com a consolidação do processo de redemocratização, o acervo retorna ao Brasil, onde está custodiado pelo Centro de Documentação e Memória da Unesp.

José Luiz Del Roio, que também é cidadão italiano, foi eleito senador daquele país em 2006 e membro do Conselho da Europa. Autor de diversos livros relacionados à luta da classe trabalhadora, publicou em 2017 “A Greve de 1917 – Os trabalhadores entram em cena” pela Editora Alameda e Fundação Lauro Campos.

Veja o vídeo de divulgação do evento AQUI

homenagem 9 de julho

De autoria do vereador Donato, a Lei 16634/17 institui O Dia da Luta Operária no dia 9 de julho. A data foi escolhida em homenagem ao sapateiro anarquista José Martinez, baleado pela polícia quando participava da paralisação de diversas fábricas no bairro do Brás em São Paulo. Sua morte dias depois intensificou a revolta dos trabalhadores e deu impulso à greve, que se espalhou pela cidade de São Paulo e se alastrou para cidades do interior e de outros estados. Martinez é considerado um dos mártires desta grande greve.

O ato político e a homenagem a José Luiz Del Roio ocorrerão no dia 9 de julho de 2018, às 10 horas, na Rua do Bucolismo, 81, Brás, endereço do antigo Moinho Matarazzo, local em que Martinez foi baleado.

Confirme presença em evento no Facebook.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: