Apresentação: O mês de Maio e as lutas da classe trabalhadora

O mês de maio, sobretudo neste ano de 2018, é um momento especial para todos aqueles que lutam por uma sociedade mais justa e igualitária. É neste mês, logo no primeiro dia, que a classe trabalhadora celebra o seu dia, rememorando os mártires do passado e construindo as lutas do presente por melhores condições de trabalho e contra os cortes aos seus direitos historicamente conquistados. Celebra-se, especialmente, um 1º de Maio histórico, o de 1968, na Praça da Sé, em São Paulo. Naquele dia, o movimento operário protagonizou o episódio que marcou a luta da classe trabalhadora contra o regime civil-militar, instaurado em 1964. Sob vaias e uma verdadeira chuva de paus e pedras, o então governador de São Paulo, Abreu Sodré, hostilizado, refugiou-se na catedral; as lideranças operárias tomaram o palanque e fizeram valer, por meio de discursos bastante radicalizados, as comemorações do dia do trabalhador.

Trabalhadores se reúnem na Praça da Sé, em São Paulo, durante as comemorações do Dia do Trabalhador em 1º de Maio de 1968. Crédito: Arquivo/Estadão Conteúdo/AE

No mesmo mês e no mesmo ano, inicialmente na França, mas depois também em outras partes do mundo, os movimentos estudantil e operário deram os braços e forjaram um momento ímpar na história recente das lutas sociais. Em 2018 comemoramos os 50 anos daquele maio de 68, que espalharou pelas ruas da capital francesa barricadas que física e simbolicamente separavam a sociedade entre aqueles que procuravam construir um novo mundo, erguido sobre novas bases, solidárias, fraternas e sem a exploração de classes, e aqueles que defendiam a manutenção de um sistema de opressão baseado na acumulação de capital a todo e qualquer custo.

Carros virados por estudantes em bairro de Paris, em maio de 1968. Fonte: Nexo Jornal

É também em maio de 2018, que todos os setores combativos da esquerda mundial celebram o segundo centenário daquela figura que, por meio de sua obra teórica e de sua prática política influenciou e continua a influenciar a classe trabalhadora de todo o mundo e as suas revoltas e revoluções. Nascido em 5 de maio de 1818, Karl Marx, filósofo, economista, jornalista e, acima de tudo, revolucionário, deixou um legado teórico e prático que permanece tão atual quanto nos séculos 19 e 20.

Fonte: OPEN Magazine

Esses são alguns dos motivos pelos quais o Instituto Astrojildo Pereira – IAP escolheu o mês de maio para relançar o seu site e inaugurar uma nova fase da entidade que procura se renovar e manter-se atuante na defesa da preservação da história e da memória do movimento operário, dos movimentos sociais e da luta pela defesa dos direitos humanos.

Fundado em 1992, como instrumento institucional responsável pela propriedade e administração do Archivio Storico Del Movimento Operario Brasiliano – ASMOB, o IAP vivenciou diversas transformações e acompanhou a dinâmica da realidade social, política e econômica na qual se inscreve e hoje assume, mais uma vez, a responsabilidade de preservar e divulgar a memória das lutas sociais travadas pela classe trabalhadora. Nesse sentido, associando o resgate da memória do movimento operário aos debates contemporâneos de temas pertinentes à classe trabalhadora, o IAP também busca promover a formação política voltada, sobretudo, às parcelas da população mais afetadas pela perversidade da lógica do capital.

Para tal esforço, a parceria estabelecida pelo convênio de guarda e custódia do ASMOB com a Universidade Estadual Paulista, por meio do Centro de Documentação e Memória – CEDEM, é fundamental para a continuidade e amplificação destas atividades de preservação e divulgação da memória das lutas sociais da classe trabalhadora.

Sejam bem-vindas e bem-vindos ao novo site do IAP!

Aproveitem e divulguem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: